• GeneaMundo

Antepassados italianos


A pesquisa de registros antigos dos antepassados é uma aventura empolgante e desafiadora. Atualmente há várias fontes para a pesquisa, porém, algumas vezes, é necessário um pouco persistência e habilidade para identificar informações relevantes que levam a novas descobertas.


Recentemente um cliente com antepassados italianos nos procurou para ajudar na descoberta de informações, e se possível, encontrar os documentos microfilmados de nascimento e casamento da sua trisavó materna italiana da região da Sicília.


O cliente possuía informações até a geração dos avós e um bisavô. Porém, dependendo da qualidade das informações como nomes completos, datas precisas e lugares específicos onde nasceram ou viveram é possível encontrar referencias que reduzam o universo de pesquisa nas bases de dados disponíveis.


Neste caso particular, sabíamos o nome, sobrenome e lugar de nascimento (cidade natal dos antepassados) e por deduções de cálculos das idades do avô e bisavô descendentes da pessoa a ser pesquisada, tínhamos uma faixa possível de anos para consultar o registro de nascimento.


DICA: No caso de antepassados italianos, o site FamilySearch® e Antenati® são excelentes fontes de pesquisa.


A chave para esta situação é pesquisar a cidade ("comuna" em italiano) e verificar os registros nos livros de nascimento ("atti di nascita" em italiano) da faixa de "anos prováveis" para a trisavó do nosso cliente (no caso, entre 1881 a 1886). Vejam a sequência:


1. Pesquisa pela localidade:


2. Livros de nascimento ("nati") do período provável:


3. Dependendo da "comuna" italiana, faziam índices anuais ("indice annuale" em italiano) no final do livro de cada ano. Isso reduziu bastante o tempo de análise, e, fazendo primeiro essa verificação, encontramos no índice do ano 1882, o que procurávamos.


4. Chegando no registro indicado no índice, pudemos confirmar todos os dados.


Observe que a descoberta traz novas importantes informações:

  • data precisa do nascimento (anterior à data do registro)

  • nomes completos do pai e mãe e em alguns casos do avô (costumava-se colocar "di" (para o pai vivo) ou "fu" (para o pai falecido) indicando que a pessoa era "de fulano de tal". No caso acima, o nome da mãe "Fustaino Giuseppa di Paolo", significa que Paolo era o avô materno (e vivo na ocasião do nascimento da neta).

  • idades do pai e da mãe, o que permite calcular o ano de nascimento deles.

  • averbação do casamento (principalmente quando realizado na mesma "comuna"). São indicados a data do casamento e o nome do cônjuge.

Com a averbação, pudemos localizar também a microfilmagem do registro de casamento italiano, confirmando que eram os pais do bisavô do nosso cliente.


Toda descoberta traz uma sensação boa. O treino na leitura desses documentos aumenta a habilidade do pesquisador que certamente propicia novas oportunidades para as pessoas, seja em processos burocráticos como a aquisição de uma cidadania estrangeira, ou na satisfação e emoção pelas descobertas de seus antepassados. Referências de sua origem e cultura.


E ai, gostou da dica?


Conte com a gente.


Equipe GeneaMundo


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo